Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Heaventus Doces

Depois dos 40, a Mulher, Mãe, Profissional rende-se à paixão pela arte da culinária,… Partilho o resultado de momentos felizes passados na cozinha (doces e Salgados) com receitas de deliciosos pratos!...

Heaventus Doces

25
Jan16

Torresmos Crocantes

IMG_20160123_221943.jpg

 Quem tem daquelas recordações do tempo dos nossos avós em que se criava e produzia tudo o que em casa se comia?...

Pois bem, na minha família a tradição já vem de bem longe e este fim-de-semana houve mais uma "Matança do Porco". Sei que soa mal mas - tirando a parte desagradável da execução do pobre animal -  o que se segue são rituais culinários únicos que nunca se deveríam perder!

Na Região Saloia, principalmente nas aldeias cozinhava-se muito utilizando a banha do Porco como gordura para fritos, guisados, e até mesmo para conservar os alimentos cozinhados (não existiam frigoríficos, ...).

Tratando-se de um bichinho com mais de 100 Kg, já se esperava que tivesse gordurinha da boa para aproveitar e por isso, depois de retirar a pele - o famoso courato -  atirei-me aos tachos para preparar a dupla receita que vos deixo neste post:

 

  • Torresmos Crocantes e Banha de Porco

 

Ingredientes:

- Aprox. 2 Kg de gordura de porco cortado em pequenos pedaços;

- 4 folhas de Louro;

- 2 Dentes de Alho; 

- Sal qb.

 

Preparação:

 

Coloque num tacho todos os ingredientes e leve a lume médio durante cerca de 1h30 a 2h00 (dependendo do lume), mexendo pontualmente para que não se pegue no fundo.

A gordura vai derretendo e os pedaços de gorduram tornam-se crocantes e dourados, sem deixar queimar, formando os saborosos torresmos.

De seguida, retiram-se os torresmos para uma travessa com papel absorvente, devendo depois passá-los para outra travessa para que fiquem bem sequinhos, temperando com mais um pouco de sal fino.

A banha de Porco - gordura que ficou no tacho - deverá ser guardada em recipientes, devendo ser passada por um passador de pano (algodão de prefência). Depois de arrefecer pode ser guardada no frigorífico por bastante tempo

(+12 meses).

Pode ser utilizada em substituição da gordura vegetal em diversos pratos emprestando um sabor especial à comida.

 

Quanto aos torresmos, para além de delicioso petisco, pode ser utilizado para fazer  broas de torresmos que bem quentinhas são um verdadeiro pecado da Gula...

Claro está que foi o passo seguinte na minha cozinha...

 

IMG_20160125_215306.jpg

 

  • Broas de Torresmos

 

Ingredientes:

- 1 copo de leite morno;

- 1/2 copo de óleo;

-  2 ovos inteiros tam. L;

-  1 copo de água à temperatura ambiente;

-  1 colher (sopa) de margarina;

-  1 colher (sopa) de açúcar;

-  1 colher (sopa) de sal;

-  1 kg aproximadamente de farinha de trigo;

-  25 g de fermento padeiro fresco;

-  250 g de torresmo bem sequinho

 

Preparação (na Bimby):

 

Na Bimby, coloque o leite, a água, o óleo, os ovos, a margarina, o açúcar, sal e o fermento 3min/37ºC/vel 3. De seguida adicione a farinha e amasse bem, 4min/Vel Espiga.  Retire a massa do copo para uma tigela e divida em três partes e coloque em cada parte um pouco do torresmos. Faça uma bola de cada parte e deixe levedar, por aproximadamente 20 minutos, ou até a massa dobrar de volume.

Depois de levedar a massa mais 2o minutos, modele os pães, coloque num tabuleiro untado com óleo e deixelevedar mais um pouco, levando ao forno médio, por aproximadamente 30 minutos ou até dourar.

 

 

 

Bom Apetite!....Doces Heaventus!...

20
Jan16

Bolo Verde Delicioso

Há dias em que apetece mesmo fazer um bolinho, e se for a meio da semana temos de arranjar uma receita rápida, mas bem gostosa!...

Como gosto de aproveitar ingredientes que tenho em casa e não gosto de desperdiçar alimentos, há algum tempo com metade de um molho de agriões que comprei para fazer sopa, decidi fazer uma pesquisa de receitas com agriões com a ajuda do meu melhor amigo: o GOOGLE! JJJ

Como bom amigo, apresentou-me o blog da Alfacinha, que entre muitas receitas deliciosas tem uma a que chama de “Bolo Shreck”.

A receita é da Revista Bimby, 1ª série, nº 16 /set 2010.

Eu fiz algumas pequenas alterações à receita (mau hábito meu!...), mas garanto-vos que fica sempre bem, doce e fofo. Tem sido um sucesso cá em casa que não resisto em partilhar:

 

IMG_20151021_215924 (1).jpg

IMG_20151021_215727_1 (1).jpg

 

 

 

 

 

 

 

  

  • Bolo Verde de Agrião


Ingredientes para o bolo:

- 4 ovos tamanho L à temperatura ambiente
- 250 gr açucar
- 100 gr agrião
- 100 gr óleo
- 100 gr água morna
- raspa de 1 limão inteiro
- 200 gr farinha tipo 65 ESPIGA
- 1 colher sopa de fermento em pó para bolos

Ingredientes para a cobertura:

- 150 gr chocolate culinária
- 1 colher de sopa de  manteiga
- natas q.b.

 

Preparação do bolo:

 

1. Aqueça o forno a 180º C.

2. De seguida, deite no copo o açucar, o agrião, o óleo e as gemas e programe 10 seg/vel 6.  Com a ajuda da espátula baixe o que ficou nas paredes do copo.

3. Adicione a água morna, a raspa de limão e programe 1 m/vel 9. Com a ajuda da espátula baixe o que ficou nas paredes do copo.

4. Incorpore a farinha, o fermento e programe 15 seg/vel 3. Retire e envolva delicadamente com as claras previamente batidas em castelo firme, reservadas utilizando uma vara de arames.

5. Deite numa forma, com o fundo forrado de papel vegetal untado e polvilhado e
leve ao forno cerca de 25/30 m.

IMG_20151021_210755 (1).jpg

 

 Preparação da cobertura:

 

1. Derreta o chocolate partido em pedaços com a manteiga no micro-ondas (cerca de 2/3 m, na potência máx. retirando de 30 em 30 seg. para mexer).

2.  Retire, mexa muito bem e vá juntando natas até obter a consistência pretendida.

3.  Deite por cima do bolo quando tiver arrefecido e está pronto a servir!...

IMG_20151021_214943.jpg

 

Bom Apetite!....Doces Heaventus!...

19
Jan16

Azeite Aromatizado

 

Cá em casa o Azeite é rei, considerando que é utilizado em quase todos os cozinhados e até em alguns doces!

IMG_20150712_114052 (1).jpg

 

Talvez por termos o privilégio de usar Azeite virgem produzido pela família em Trás-os-Montes, com a tradicional azeitona de qualidade "Santulhana" que lhe confere um sabor único com reduzido grau de acidez.

Foi graças à sua excelente qualidade que decidi experimentar recentemente aromatizar o Azeite, conferindo assim um sabor diferente aos pratos de massas e saladas, muito apreciados pela família, utilizando ervas aromáticas e tomate 100% biológicos, plantados no quintal cá de casa.

Existem algumas regras básicas na utilização do Azeite e na sua preparação que considero importante indicar:

 

 

 

  • Utilizar e guardar o Azeite

O Azeite deve ser resguardado da luz directa, daí a utilização de garrafas escuras como embalagem por grande parte dos produtores, que fechadas podem conservar a sua qualidade por uma validade entre os 18 e os 24 meses.

Uma vez aberta a embalagem o seu perfume e sabor começam a baixar devendo ser consumido num prazo entre 6 a 12 meses.

Deverá ser guardado em local seco, uma vez que não necessita de refrigeração. se o fizer, torna-se espesso e ganha uma textura sólida e opaca, que tornará à forma liquida à temperatura ambiente.

 

  • Regras para preparar Azeite Aromatizado

A esterilização dos recipientes é uma das principais regras, para evitar o desenvolvimento de bactérias como o botulismo e tantas outras. Utilizando o método tradicional, deverá assegurar que os recipientes fervem em água pelo menos 15 a 20 minutos, devendo depois secar à temperatura ambiente

As ervas a utilizar, se forem frescas,  também deverão ser bem lavadas em água corrente antes de juntar ao Azeite, que deverá ser de boa qualidade e preferencialmente novo, ou seja, da última colheita, aquecido numa temperatura entre 40º a 50º C.

As ervas devem ser utilizadas para aromatizar o Azeite, por um prazo de 15 dias, devendo depois ser retiradas do recipiente, tendo em conta que podem torná-lo rançoso.

O Azeite aromatizado confeccionado em casa não tem a mesma durabilidade de um Azeite produzido industrialmente, pelo que deve ser consumido no prazo máximo de 30 a 60 dias e conservado em local fresco evitando luz directa.
 

IMG_20150712_114301.jpg

  •  Receita de Azeite Aromatizado
 
Ingredientes:
 
- Ervas aromáticas frescas (utilizei Alecrim e Manjericão);
- Alho;
- Azeite novo;
 
 
Preparação:
 
  1. Esterilizar os recipientes;
  2. Lavar muito bem as ervas em água corrente;
  3. Descascar e alourar ligeiramente o allho,para que liberte o sabor;
  4. Aquecer o Azeite  (eu utilizei a Bimby permitindo melhor precisão na temperatura desejada);
  5. Colocar as ervas, o alho e de seguida o Azeite nos recipientes (eu coloquei um tipo de erva aromática em cada um dos recipientes permitindo 2 sabores diferentes);
  6. Fechar e guardar em local sem luz directa.
 
  •  Receita de Azeite com Tomate Seco
 
Ingredientes:
 
- Tomate Cherry;
- Alho;
- Azeite novo;
- Sal fino (qb)
- 1 colher de sobremesa de açucar
 
 
Preparação:
 
  1. Esterilizar os recipientes;
  2. Lavar muito bem os Tomates Cherry em água corrente;
  3. Cortar os tomates a meio e retirar as sementes, dispondo num tabuleiro de ir ao forno temperando com sal fino e uma colher de açucar, à temperatura entre os 50º e 70º C. com a porta do forno ligeiramente aberta por cerca de 3 a 4 horas para desidratarem progressivamente, devendo virá-los durante o processo para que fiquem uniformes. O objetivo é desidratar e não cozinhar;
  4. Descascar e alourar ligeiramente o allho,para que liberte o sabor;
  5. Colocar os Tomate Cherry, o alho e de seguida o Azeite nos recipientes;
  6. Fechar e guardar em local sem luz directa.
 
Bom Apetite!....Doces Heaventus!...

 

 

 
 
 
16
Jan16

FELIZ 2016

Feliz 2016

 Quem nunca pensou em resoluções de Ano Novo? O que deixar para trás com o Ano que terminou e o que começar com o Novo Ano? Pois bem, eu - que assumo nunca ter perdido muito tempo com resoluções - em 2016 decidi criar um Blog...

o principal objetivo será partilhar o resultado de momentos felizes passados na cozinha cá de casa, mas também passará por publicar comentários sobre bons locais para comer que vamos experimentando nos nossos já habituais passeios em família pelo nosso Portugal.

 

 Afinal, a gastronomia cada vez mais ocupa espaço na sociedade Comer o que faz bem para saúde e que dê Prazer é o que todos procuram, ou não fosse sem dúvida alguma uma das melhores coisas da vida!

Para começar, FELIZ 2016, recheado de coisas doces!...

 

Feliz 2016