Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Heaventus Doces

Depois dos 40, a Mulher, Mãe, Profissional rende-se à paixão pela arte da culinária,… Partilho o resultado de momentos felizes passados na cozinha (doces e Salgados) com receitas de deliciosos pratos!...

Heaventus Doces

28
Jan17

Azeite Novo...Da Santulhana!

IMG_20161219_225754 (1).jpg

 

 Há aproximadamente 1 ano atrás um dos meus primeiros post foi sobre o azeite aromatizado, que faço utilizando a única qualidade de azeite que entra cá em casa: Azeite de trás-os Montes de produção caseira da família.

Trata-se de azeite extraído da azeitona SANTULHANA, que praticamente só existe naquela região de Trás-os-Montes.

São conhecidas cerca de 400 espécies de Oliveira. Trata-se uma árvore de porte médio, muito resistente, com raízes que atingem os 6 metros. Tem crescimento lento e normalmente só entra em produção a partir do quinto ano. A transformação e melhoria das características da oliveira foi conseguida pelo homem, ao longo dos tempos, até se obter a árvore a que chamamos hoje a oliveira cultivada.

Em média, uma oliveira dá 20 kg de azeitonas, sendo necessário cerca de 5 a 6 kg para produzir 1 L de azeite. 

 

CIMG4712.jpgCIMG4705.jpgCIMG4714.jpg

 

 

Na qualidade SANTULHANA que é mais abundante naquela região são necessários 4 a 5 kg para produzir 1 L de azeite.

O seu nível de acidez é baixo (entre 0,1 e 0,2) e a sua tonalidade vai-se alterando com o tempo.

Logo após a saída do Lagar, tem uma tonalidade mais verde, o chamado Azeite Novo, com o qual desta vez decidi fazer novo azeite aromatizado, com Alecrim e também piri-piri ambos do quintal cá de casa.

Apesar de já ter feito este azeite aromatizado em Dezembro, só agora está perfeito, após 30 dias que serviram para dar um tempo para que o azeite tome o sabor do aroma escolhido, neste caso, o piri-piri.

 

Não vou repetir o processo de aromatizar o azeite, para não repetir o post, mas quero apenas partilhar o resultado, e as alterações desde o dia em que coloquei o azeite com o piri-piri e o seu resultado 30 dias depois.

O sabor está excelente, com um ligeiro toque picante (sem excesso), que combina lindamente como tempero para alguns pratos de carne ou peixe e também como entrada, com cubos de pão ligeiramente torrado.

1º Dia

IMG_20161219_225853 (1).jpgIMG_20161219_225754.jpg

 30º Dia

IMG_20170128_155116 (1).jpg

Bom Apetite!....Doces Heaventus!...