Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Heaventus Doces

Depois dos 40, a Mulher, Mãe, Profissional rende-se à paixão pela arte da culinária,… Partilho o resultado de momentos felizes passados na cozinha (doces e Salgados) com receitas de deliciosos pratos!...

Heaventus Doces

21
Abr20

E 30 anos depois... Telescola #EstudoemCasa

93959419_3591300827553130_2469263220586577920_n.jpg

 

Quem diria que a velhinha telescola regressaria, num formato muito diferente e com o nome “Estudo em Casa”. Agora, sem alunos em salas de aula a assistir pela televisão à matéria lecionada por professores, como no passado, mas novamente a aprender via televisão, desta vez de casa.

O que uma Pandemia provocada pelo nosso "inimigo invisível" - COVID-19 - tinha guardado para nós...

De repente, todos confinados em casa, os pais passam também a ser professores, meio perdidos, meio confiantes, já que por todo lado se ouve : "#Vaicorrerbem" ou "#VamosTodosFicarBem"... Mas será ssim?

Na minha humilde opinião, temos todos de partir de um princípio básico:

- Tudo isto é novo para TODOS nós, incluindo crianças, pais e professores!

Para as crianças é um novo método, mas acredito que são os que mais depressa se vão adaptar. Eles têm uma capacidade incrível de adaptação e de aprendizagem... Para nós pais é mais um desafio que nos põe em modo "stress-test", verificando vezes sem conta a agenda de trabalhos, prazos de entregas, plataformas de ensino, planos de estudo, ... E tudo isto aliado com o resto dos afazeres diários!

Por último e de forma propositada deixei os professores. Há uns dias comentava com uma amiga, que não são só os profissionais de saúde que merecem o nosso reconhecimento hoje e sempre... Também os professores - profissão tão desvalorizada nos últimos anos - vêm aqui nesta crise um momento onde a sua determinação e resiliência fazem a diferença.

Da minha parte merecem, como sempre o mereceram, todo o respeito. Imaginem um professor, para quem o contacto com os seus alunos é tão importante,  ver-se impedido de ter o feedback de quem o está a ver e, no fundo, a ter a aula — não sendo possível perceber se o aluno percebe, se o seu ensinamento está a passar de forma correta ou não, mas ainda assim continuar o seu trabalho para que as nossas crianças continuem o seu processo de aprendizagem.

Claro que as crianças vão fazer a sua rotina e manter processos de estudo, claro que não vão aprender matéria nova ao mesmo ritmo definido no plano curricular definido no inicio do ano escolar, claro que os pais vão todos stressar, mas vamos todos passar por esta fase com novas aprendizagens, não da matéria em si, mas de valorização de todos aqueles que contribuem para o crescimento e educação das nossas crianças! E desta vez... Pais incluídos... Resumindo, há tempos de crise que nos fazem mesmo parar, pensar e corrigir para seguir em frente...

Esta semana, em teletrabalho, também para poder acompanhar todo este novo processo escolar da S, no final de um dia intenso de trabalho (das duas...), fomos descontrair para a cozinha e saiu uma receita que adoro e já não fazia há anos...

  • Tarte de Limão Merengada

Ingredientes:

- 4 Ovos Tamanho L + 2 Claras
- Sal qb
- 4 Colheres de sopa de Açúcar
- 250 gr Bolacha Maria (ou Bolachas digestivas)
- Raspa e sumo de 1 Limão grande
- 100 gr Manteiga
- 2/3 de uma lata de leite condensado misturada com 1/3 água

Preparação:

1. Pré aqueça o forno a 180º e prepare uma forma para bolos com base amovível ou tarteira.
2. De seguida num processador prepare a base com as bolachas trituradas, misturadas com a manteira e no final 1 ovo inteiro, misturando tudo e colocando na base da forma.
3. Com a base pronta, passamos a preparar 3 gemas com o leite condensado, a àgua o sumo e raspa de 1 limão, envolvendo muito bem e colocando por cima da base levando ao forno por aprox. 15 minutos.
4. Entretanto na taça das Claras (5 claras) acrescente uma pitada de Sal e com a ajuda de uma batedeira comece por bater. Enquanto vai batendo vá acrescentando gradualmente as colheres de Açúcar (4) e umas gotas de sumo de limão. Bata tudo muito bem até obter um merengue.
6. Por fim, com a ajuda de uma espátula espalhe muito cuidadosamente as claras sobre a tarte e leve ao forno por aprox. 5 a 10 minutos (até alourar). Deixe arrefecer um pouco no forno para as claras não cairem.

Pode servir de seguida ou bem fresco... Delicioso!...

93841189_703057547114660_5596611848641183744_n.jpg

 

 

93856332_2926176887432249_4936324527404613632_n.jpg

Bom Apetite!... Doces Heaventus!...

23
Mar20

E em 2020... O Mundo mudou!

90484361_2372100429747379_2081897508820221952_n.jpg

 

 Hoje é impossível não deixar um registo no meu Blog... Jamais sonharia (eu, e provavelmente o resto dos portugueses) que estaríamos oficialmente a viver num país em Estado de Emergência, decretado por causa de uma Pandemia que afeta todos os povos do Mundo - Hemisfério Norte e Hemisfério Sul...

Estranhos dias estes que se vivem por agora, com a incerteza de um fim e com a consciência que nada será como antes. 

Em casa, famílias reinventam-se para uma convivência a que não estávamos habituados, e aí percebemos que nem tudo é mau nesta Pandemia. Voltar à cozinha e a tantas outras tarefas domésticas em família permite-nos reforçar laços e partilhar conhecimento.

Por aqui, fazemos a nossa parte. Enquanto tentamos nos proteger do temível COVID-19, vamos experimentando novas receitas entre doces, salgados e snacks, porque em casa acabamos por tendencialmente estar quase sempre a petiscar...

Hoje a S é que fez o bolinho, receita que encontrámos no Blog do Casal Mistério - A melhor receita de bolo de limão

Partilhamos o resultado.

90469103_2861617057251861_8223115943648165888_n.jpg

 

Este momento deverá servir para realizarmos uma reflexão sobre a nossa existência, reforçando o sentido de proteção aprendendo também a valorizar o que temos.

Este é o momento de #FicarEmCasa, é o momento de reforçar a nossa capacidade de #Resiliência e de #Coragem para fazer a nossa parte na história... E como?... Simples, ficando em casa, protegendo-nos a Todos!

Por fim apenas dizer que acredito mesmo, que #VamosTODOSFicarBem

Bom Apetite!....Doces Heaventus!...

30
Jan20

Vamos pensar no Futuro... Já?

82053441_827804047738318_4376948506464616448_n (1).jpgHoje o texto de introdução para mais uma receita gulosa, não é meu.

Mas trata-se de um assunto que levo muito a sério e que me desperta especial atenção sempre que é abordado por comentadores e jornalistas, pelo que resolvi transcrever parte de dois artigos que li recententemente e nos quais, acredito, está o resumo claro de algo a que não devemos ficar indiferentes...

Quem está hoje a participar de forma ativa na economia, deve estar atento à revolução que se vive no mercado de trabalho e às novas exigências, afinal de contas, cerca de 40 anos de trabalho numa sociedade em constante e rápida mudança exige mais de nós do que pensamos!

Hoje as mudanças não surgem apenas com as Gerações, ...a tecnologia e a era digital obrigam-nos a mudanças e atualizações constantes...

 

"A gestão de pessoas e a economia 4.0

 

É Necessário preparar as pessoas para empregos de futuro, qualificando, atualizando e requalificando.

O relatório “The future of jobs” de 2016, do World Economic Forum, aponta para a erradicação de cinco milhões de empregos até 2020 só na Europa. Até 2025 estima-se que sete milhões de pessoas na Europa vão perder o emprego devido à Revolução 4.0.

Os números não deixam margem para dúvidas: até 2020, 54% dos empregos estão altamente vulneráveis. A revolução terá impacto em todos os postos de trabalho sejam eles qualificados ou não qualificados. Terá impacto nos trabalhadores de todas as idades.

Os gestores de pessoas estão a ser desafiados para criar ambientes de trabalho digitais e apoiarem a preparação dos contextos de trabalho do futuro pois esta revolução caracteriza-se pelo uso generalizado de tecnologias.

Estas tecnologias têm provocado grandes transformações nos modelos de negócio das organizações dos mais diversos segmentos de mercado, mas também fazem parte do quotidiano das pessoas: smartphones, internet móvel, impressoras 3D, sensores inteligentes ou cloud computing já são imprescindíveis.

É necessário preparar as pessoas para empregos de futuro, qualificando, atualizando e requalificando. Na economia 4.0 temos de ter pessoas com competências 4.0.

O mercado de trabalho como o conhecemos hoje não vai existir mais, uma vez que esta revolução exige novas competências e uma aprendizagem contínua ao longo da vida, fazendo com que todos tenham de aprender a aprender.

A grande alteração tem a ver com a mudança de mindset: as pessoas vão ter mais tempo para as suas questões pessoais, hóbis e realização profissional unicamente porque as novas tecnologias permitirão que cada um tenha acesso a novos recursos. E assim caminhamos para a sociedade 5.0.. E o que fazer em termos de Gestão das Pessoas na economia 4.0?

Hoje, a questão que se coloca não é quando acontecerá a 4.ª Revolução Industrial porque a revolução já começou. A questão que se coloca é como estamos a preparar-nos e a desenvolver estratégias de adaptação para nos mantermos no mercado de trabalho e mantermos vivas as nossas empresas."

E isto leva-nos logo para um segundo artigo que não resisto em partilhar :

 

"Sete tendências no futuro do recrutamento

Atrair, selecionar e recrutar para, a seguir, reter. No mundo dos recursos humanos, as regras estão a mudar. São os candidatos a impor exigências e as empresas têm de ir atrás.

Um dos desafios com que os recursos humanos se debatem atualmente prende-se com processos de recrutamento e taxa de retenção subsequente. Em cada 100 contratações, 13 falham ou as pessoas abandonam a organização durante o período de experiência. Além disso, uma em cada três pessoas deixa a empresa no primeiro ano, o que, de acordo com a Michael Page, é algo que tem de ser contrariado. Mas como?

“Atrair o talento do futuro”, o estudo que a consultora desenvolveu em alguns países europeus (Portugal incluído), analisa a relação das pessoas com o trabalho nas empresas, uma forma de perceber o que procuram para depois ajustar a oferta.

Mas então o que deverá ter sido em conta na hora de recrutar?

Salário não é tudo

O pacote salarial é importante, a reputação da empresa também atrai talento mas, no panorama atual, os candidatos interessam-se pelos compromissos sociais das organizações e pelas causas e temas que estas apoiam, como fatores de diferenciação dos seus concorrentes.

A valorização da formação, das avaliações, da comunicação genuína e a informação transparente sobre a empresa, são critérios destacados nos processos de recrutamento. E é isto que as empresas também devem ter para oferecer.

A evolução da função e da própria empresa são relevantes para a atração de talento. Daí ser tão importante o envolvimento dos colaboradores enquanto embaixadores da marca, um método utilizado por 36% das empresas para atrair gestores e encontrar os melhores perfis de forma mais rápida.

Relações com significado

Os profissionais de recursos humanos devem ter consciência que os colaboradores querem compreender o propósito que está subjacente às suas funções e sentirem-se realizados nas tarefas que desempenham. Uma mudança associada à geração millennial, que dá prioridade a um trabalho com significado.

“Para a vida toda” é coisa do passado

Empregadores e colaboradores já aceitaram a ideia de que já não há empregos para a vida toda. Esta é outra das conclusões do estudo que refere a importância dos contratos a prazo e de trabalho temporário, assim como de outras formas de flexibilidade laboral.

Analisar as soft-skills

No recrutamento do futuro, a compreensão das competências sociais e comportamentais (soft skills), da motivação e da personalidade dos potenciais candidatos são aspetos importantes, devendo considerar-se ainda o respeito pela individualidade. Trata-se de encontrar as personalidades certas para a função, com uma conjugação de inteligência emocional e competências cognitivas, e mudar mentalidades no que se refere ao perfil do melhor candidato.

Melhorar os anúncios de emprego

Neste contexto, o recrutamento dos melhores talentos é cada vez mais difícil, de acordo com a análise da Michael Page, e as ferramentas tradicionais têm de se ser otimizadas para se adaptarem a um mundo que exige mais transparência. Entre outras estratégias, os empregadores têm de melhorar os anúncios de emprego, de forma a que estes reflitam a transparência das ofertas e motivem os potenciais candidatos.

O futuro é tech

O futuro do recrutamento passa sobretudo pela tecnologia. “No futuro, o mercado de trabalho terá mais automatização em todos os processos. No entanto, o objetivo não é substituir o humano na cadeia de valor, é dar-lhe apoio e expandir as suas capacidades. A tecnologia ajudará a aumentar as competências das pessoas ao acelerar os processos de seleção ou ao contribuir para a eliminação de enviesamentos nos anúncios de empregos”, refere Álvaro Fernández, diretor geral da Michael Page."

https://eco.sapo.pt/opiniao/a-gestao-de-pessoas-e-a-economia-4-0/

https://eco.sapo.pt/2019/05/30/sete-tendencias-no-futuro-do-recrutamento/

O melhor mesmo é estar atentos e acompanhar este tema e a sua evolução,... mas com uma fatia de bolo na mão, de preferência em fim do dia, à lareira e com um bom chá! 

O bolo pode ser de laranja e cenoura, que é rápido e sai sempre bem. 

  • Bolo de Laranja e Cenoura

 

Ingredientes para o Bolo:

  • 2 cenouras raladas
  • 2 laranjas (raspa e laranja inteira sem casca)
  • 4 ovos L à temperatura ambiente
  • 250g de açúcar
  • 250g de farinha com fermento
  • 1 c. de chá de fermento
  • 200g de manteiga amolecida

 

Preparação do Bolo:

1. Ligue o forno nos 180ºC. Unte a forma com margarina e polvilhe com pão ralado.

2. corte as cenouras e as laranjas, junte com o açucar e as gemas no liquidificador e triture bem.

3. Depois junte a manteiga amolecida e volte a triturar, juntando por fim a farinha e o fermento ao preparado e volte a mexer bem para incorporar .

4. Entretando, bata as claras em castelo na batedeira e incorpore a massa envolvendo com cuidado.  

5. Por fim leve ao forno por aprox. 40 minutos (depende do forno).

83316145_192418431956549_7333338018591277056_n.jpg84063943_2481273365474462_227332013386891264_n.jpg

Bom Apetite!....Doces Heaventus!...

11
Jun19

As Bodas de Ouro

62169121_2271489699585657_3030687885092192256_n.jpg

 

Quanto mais vivemos, mais reconhecemos o quanto aprendemos com os que nos rodeiam. A vida é feita de momentos felizes e menos felizes, é uma constante aprendizagem com simples gestos e com as histórias de vida dos que se cruzam connosco ao longo da nossa vida... Basta estarmos atentos!

50 anos de vida a dois... Caramba! (perdoem-me a expressão) É muito tempo...Numa época em que cada vez menos importância se dá às relações em especial ao Casamento, é sem dúvida um momento que deve ser comemorado e celebrado, com os merecidos parabéns a quem os soube viver da melhor maneira, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença.

Os meus sogros tiveram o privilégio de celebrar as suas Bodas de Ouro neste fim-de-semana e decidiram partilhar esse momento tão especial, com a família e toda a comunidade da aldeia que os viu nascer, crescer e casar à 50 anos atrás. Adorei a ideia e claro, preparei algumas surpresas para esse dia.

Depois de uma emotiva renovação de votos numa cerimónia religiosa, na igreja onde casaram, a festa estendeu-se o resto do dia num convivio animado mesmo no largo da aldeia, com almoço e muita música.

Tal qual um Casamento, preparei um Bolo especial para este dia que os "noivos" partilharam com todos os convidados. Simples, mas bem fresco é o bolo ideal para este tipo de eventos, que facilmente agrada a todos. 

Hoje partilho a receita e fotos desse dia tão especial.

 

  • Pão-de-Ló Recheado

 

Ingredientes para o Bolo:

  • 8 Ovos à temperatura ambiente
  • 2 chávenas de açucar
  • 2 chávenas de farinha com fermento peneirada
  • 8 colheres de sopa de àgua

Ingredientes para a Cobertura:

  • 150 gr. de Açucar em Pó  
  • 1 embalagem de queijo mascarpone 
  • 2 embalagens 200ml de natas frescas
  • Sumo de 1/2 limão
  • Fruta fresca em pedaços (usei morangos)

 

Preparação do Bolo:

1. Ligue o forno nos 200ºC. Unte a forma apenas no fundo com margarina e forre o fundo com discos de papel vegetal.

2. Bata os ovos na batedeira por 5 minutos e acrescente de seguida a água e o açucar, voltando a bater por mais 5 minutos

3. Depois junte a farinha ao preparado e volte a mexer bem para incorporar, mas sem bater.

4. Leve ao forno até estar cozido (fazer teste do palito). Desenformar. 

5. Para fazer o creme de recheio e cobertura, bater todos os ingredientes até formar um creme espesso e duro. 

6. Depois de frio, cortar os bolos ao meio, cobrir uma parte com o creme de mascarpone, colocar a fruta em pedaços e a outra metade do bolo por cima, repetir novamente e cobrir por fim todo o bolo com o creme. 

NOTA: para este bolo, tendo em conta que era para aprox. 120 pessoas, fiz 4 doses da receita que partilho.

62567605_10206355892733768_2024808189341466624_n.jpg

62037028_2271243509610276_6107260052563820544_n.jpg62169121_2271489699585657_3030687885092192256_n (1).jpg

 

Bom Apetite!....Doces Heaventus!...

05
Mai19

Para todas as Mães...

59574410_289900065224862_3679472863003279360_n.jpg

 

Tanto há para escrever sobre o que é ser Mãe, o que sentimos pela nossa própria Mãe e o que fazemos nesse, que é o papel mais importante da nossa vida...

Hoje, enquanto Mãe e olhando para os exemplos que me antecedem, Mãe, Sogra, Avós e Bisavós, sei que definitivamente fazemos TUDO pelos nossos filhos! É algo inexplicável, mas a maternidade dá-nos uma força e uma determinação incomparável.

Claro, continuamos a ser humanas e por isso obviamente que não somos perfeitas... Cometemos erros, temos dias bons e menos bons, perdemos a paciência com as nossas crianças e por vezes até nos esquecemos de coisas importantes para eles, ... Mas em dias de mimos, não há quem nos ganhe...

Eu ainda gosto muito dos mimos da minha Mãe e adoro fazer o mesmo aos meus filhos.

Feliz Dia da Mãe para todas nós... Hoje e todos os dias!

 

  • Pão de Forma com Nozes

 

Ingredientes para o Pão (Receita Bimby):
- 20 gr fermento padeiro fresco;
- 50 gr de mel;
- 540 gr de Água
- 150 gr de farinha de trigo Integral
- 150 gr de farinha de amêndoa
- 20 gr de farinha de milho
- 350 gr de farinha de trigo tipo 65
- 1 colher de chá de sal
- 80 gr de mistura de sementes Sésamo + Papoila + girassol + Abóbora
- 80 gr de miolo de noz partido grosseiramente

 

Preparação :

1. Coloque no copo o fermento, o mel e a água e aqueça 3 min./37ºC/Vel.2.

2. De seguida, adicione as farinhas de trigo integral, de amêndoa e de milho e misture 15 seg./Vel.6.

3. Adicione o sal e a farinha de trigo e amasse 3 min. e 30 seg./Vel. Espiga.

4. Junte a mistura de sementes e o miolo de noz e amasse 30 seg./ Vel. Espiga. Deixe levedar no copo Bimby num local morno, cerca de 45 minutos ou ate a massa dobrar de volume.

5. Depois de levedar, coloque a massa numa forma de bolo inglês previamente polvilhada com farinha e deixe levedar novamente cerca de 30 minutos.

5. Leve ao forno pré-aquecido nos 200ºC cerca de 40 minutos ou até dourar. Retire e deixe arrefecer sobre uma rede.

Os meus filhos adoram este pão rico em fibras, ainda quente servido com manteiga ou doce de morango...

59588517_389096428610821_4364208194650636288_n.jpg59295723_604353540043496_6638205193890562048_n.jpg

 Bom Apetite!....Doces Heaventus!...